Assiduidade, Motivação E Fatores Para O Sucesso No Processo De Ensino-Aprendizagem No Ensino Politécnico. Situação E Procedimento No Instituto Politécnico Da Guarda- Ipgportugal

Goncalo Fernandes, José Alexandre Martins

Resumen


Os estudantes do ensino superior, em particular aqueles cujas bases de formação ou a motivação vocacional não se encontram consolidadas, revelam necessidades de encontrarem equilíbrios entre as suas apetências formativas, os conhecimentos e capacidades detidas, a descoberta de uma maior autonomia individual e integração na nova comunidade, as novas relações com a Escola e o mundo exterior e a automotivação para tarefas que parecem carecer de interesse ou aparentam não ir ao encontro das expetativas. Face a esta situação, bem como a outras com que são confrontados durante o período de aulas, os estudantes acabam por gerar ou serem expostos a situações de desmotivação, por vezes associando alguma ansiedade e inadaptação funcional/organizacional que induz à falta de assiduidade e que perturbam o processo de ensino-aprendizagem e, consequentemente, o sucesso escolar e/ou o abandono escolar. Sendo um problema que ganha amplo significado no ensino superior e que gera efeitos perniciosos nas instituições de ensino e seus docentes, torna-se determinante conhecer as causas ou os motivos de falta de assiduidade e indagar sobre as metodologias e estratégias de integração ativa dos estudantes. Neste âmbito, desenvolveu-se no Politécnico da Guarda (IPG), por via dos Conselhos Pedagógicos, a auscultação dos alunos, através dos seus representantes e outras fontes de informação direta ou indireta, na procura de identificar as razões da não assiduidade e insucesso, bem como de condições, meios e estratégias que possam qualificar as práticas de ensino para uma maior presença dos alunos nas aulas e incremento do sucesso nas aprendizagens. De acordo com os dados recolhidos, podem-se estruturar os aspetos de falta de assiduidade em torno dos alunos, dos professores e das condições organizacionais. No tocante aos alunos, verificam-se problemas associados ao seu background formativo, à motivação de frequência do curso e às metodologias de organização do trabalho/estudo, fatores que, relacionados com alguma falta de maturidade e responsabilidade, conduzem ao absentismo, a interesses divergentes dos escolares e, eventualmente, ao abandono escolar. Em termos dos docentes, assinalam-se práticas pedagógicas pouco cativantes, resultantes de uma excessiva ou desadequada lecionação dos conteúdos teóricos, bem como uma insuficiente operacionalização de metodologias mais práticas, sustentadas em componentes de aplicação, de estudo de casos, exploração de conteúdos ou desenvolvimento de trabalhos, em detrimento de metodologias passivas e de reprodução dos conteúdos em formatos pouco apelativos.


Palabras clave


Assiduidade, Motivação, Aprendizagem, Pedagogia, Escola.

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



© 2016 Portal de Revistas de la Universidad Tecnológica de Panamá
Este sitio es un componente del proyecto UTP-Ridda2
Utilizando Open Journal Systems