Metodologias ativas para aprendizagem na educação superior: reflexões teóricas para a permanência

Pricila Kohls Dos Santos, Carla Spagnolo, Lorena Machado Do Nascimento, Bettina Steren Dos Santos

Resumen


O presente trabalho apresenta um estudo teórico sobre as metodologias ativas e a permanência na Educação superior. O principal objetivo é buscar subsídios teóricos que justifiquem a importância das metodologias ativas na Educação Superior e refletir sobre possibilidades de inovação curricular com implicações na permanência dos estudantes. As indagações motivadoras desta pesquisa baseiam-se nas seguintes questões: o que são as metodologias ativas? Qual a importância da utilização dessa metodologia na Educação Superior? De que maneira as metodologias ativas na Educação Superior podem contribuir para a inovação nas práticas pedagógicas da Educação Superior e na permanência dos estudantes? Os procedimentos metodológicos foram orientados pela abordagem qualitativa, por intermédio da revisão bibliográfica. As discussões obtiveram subsídios pelo diálogo com diferentes autores que estudam a temática das metodologias ativas, a inovação e a permanência na Educação Superior. Sendo que ao final são apresentadas proposições para a permanência estudantil a partir da utilização das metodologias ativas na Educação Superior, uma vez que, quanto maior o envolvimento e o sentimento de pertencimento dos estudantes para com os estudos, maior a perspectiva de o estudante permanecer até a conclusão do mesmo.

Palabras clave


Metodologias Ativas; Permanência; Aprendizagem; Inovação

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Los textos generados en la Sección Congresos CLABES son publicaciones de acceso abierto mostrados bajo licencia CC BY-NC-SA Creative Commons Atribución - NoComercial - Compatitr Igual 4.0 Internacional 

 




© 2016 Portal de Revistas de la Universidad Tecnológica de Panamá
Este sitio es un componente del proyecto UTP-Ridda2
Utilizando Open Journal Systems