Metodologias Ativas No Processo De Ensino E Aprendizagem Na Educação Superior: Percepções Dos Estudantes De Licenciatura

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Bettina Steren dos Santos
Carla Spagnolo
Enviado: Nov 29, 2018
Publicado: Nov 30, 2018

Resumen

Os processos de ensino e de aprendizagem com metodologias ativas tem sido um tema de muitas discussões e interesse de profissionais de distintas áreas. Na educação, temos percebido uma mobilização crescente em busca de possibilidades diferenciadas para as práticas pedagógicas, todavia, ainda são necessárias mudanças para efetivação das metodologias ativas. Uma das principais ações é o exercício de escuta dos estudantes sobre seus processos de aprendizagem. Diante disso, a presente pesquisa tem como objetivo identificar quais estratégias utilizadas em sala de aula universitária contribuem para a aprendizagem dos estudantes. Além disso, busca analisar a percepção de estudantes sobre a utilização das metodologias ativas nas propostas pedagógicas. O estudo de abordagem qualitativa, envolveu 26 estudantes de diferentes cursos de licenciaturas de uma universidade comunitário do Rio Grande do Sul/Brasil. A coleta de dados aconteceu mediante a utilização de um questionário online no google forms contendo perguntas abertas. As perguntas abrangeram questões sobre como acontece o processo de aprendizagem; estratégias pedagógicas que contribuem para a aprendizagem e a percepção sobre as metodologias ativas no contexto de sala de aula. A análise dos dados seguiu princípios da análise de conteúdo de Bardin (2011) auxiliando no processo de categorização pela frequência de palavras e agrupamento das unidades de análise. Os resultados iniciais apontam para a relevância de estratégias didático-pedagógicas que envolvam os estudantes em todo o processo de ensino e aprendizagem. Do total de respondentes, 25% responderam que aprendem por seminário e interação com outras pessoas, 19% quando teoria e prática são trabalhadas simultaneamente, 13% mediante a elaboração de resumos e escutando os professores, seguido de 9% que aprendem melhor quando as aulas são dinâmicas, outros aspectos citados ressaltam a aprendizagem pela pesquisa e resolução de problemas. Das estratégias utilizadas pelos professores, a maioria relatou como primeira opção atividades em grupo auxiliam com mais eficácia na aprendizagem. Porém outras estratégias como interação em aula, aulas práticas e seminários são importantes. Todos os estudantes participantes da pesquisa relataram que as metodologias ativas podem potencializar os processos de ensino e de aprendizagem justificando o protagonismo do aluno, a resolução de problemas reais que podem desenvolver aprendizagens mais significativas, promovendo assim a permanência dos estudantes nas universidades.

Palabras clave

Permanência, Educação Superior, Metodologias Ativas, Protagonismo.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Cómo citar
Steren dos Santos, B., & Spagnolo, C. (2018). Metodologias Ativas No Processo De Ensino E Aprendizagem Na Educação Superior: Percepções Dos Estudantes De Licenciatura. Congresos CLABES. Recuperado a partir de http://revistas.utp.ac.pa/index.php/clabes/article/view/1957